Quantidade de Páginas visitadas



IDENTIFICAÇÃO E HISTÓRICO


 


         O Colégio Estadual Antônio Dorigon – Ensino Fundamental, Médio e Profissional, ( cód. 00019) situado na zona urbana, à Avenida Brasil, 330 – centro, é um colégio que atende alunos de vários bairros da cidade de Pitanga e da zona rural do município (cód. 1980). A dependência administrativa é Estadual (cód. 2), e pertence ao Núcleo Regional de Educação de Pitanga (cód. 24), situado a uma quadra de distância do colégio.
    O telefone da escola é (42) 3646 4669, o site é www.pigantoniodorigon.seed.pr.gov.br, e o endereço eletrônico é: pigantoniodorigon@seed.pr.gov.br.
A proposta do Regimento Escolar está de acordo com a deliberação nº 16/99 – CEE e demais legislações vigentes conforme parecer do ato administrativo nº 001/01.
Autorizado a funcionar pela Resolução 2.611/82 – DOE 22/11/82, tendo seu Reconhecimento efetivado pela Res. 2.966/83 – DOE 01/09/83. O estabelecimento, mantido pelo Governo do Estado do Paraná, é resultante da reorganização da Escola Normal Colégio Professor Brandão (criada pelo Decreto 20.809 de 18/12/58) e Colégio Comercial Antônio Dorigon (criado pelo Decreto 8.164 de 28/12/67). Atualmente o colégio oferece cursos de Ensino Fundamental, Ensino Médio e Subsequente.

         O Colégio Estadual Antônio Dorigon – Ensino Fundamental e Médio, foi criado através do Decreto 8.164 de 28/12/67 e autorizado pela Portaria 12.904 de 29/12/67, com o nome de Colégio Comercial Estadual de Pitanga. A partir de 23/07/70, passou a denominar-se Colégio Comercial Estadual Antônio Dorigon.
Com a implantação da Reforma de Ensino pela Lei 5.692/71, foi realizada a reorganização da Escola Normal Colegial Estadual Professor Brandão e do Colégio Comercial Estadual Antônio Dorigon. O Parecer 305/79 do CEE/PR aprovou provisoriamente o Projeto de Implantação do Ensino de 2º Grau, enquanto que o Parecer 205/82 aprova definitivamente tal Projeto.
A Resolução 2.611/82 – DOE 22/11/82, autorizou o Funcionamento do Colégio Antônio Dorigon – Ensino de 2º Grau, com as habilitações: Plena em Magistério e Básica em Comércio.
O Parecer 110/83 autorizou a Implantação do Curso Propedêutico de 2º Grau, em funcionamento desde 04/04/83, com aprovação de Calendário Especial. A Resolução 3.907/84 – DOE 04/07/84, autorizou o Funcionamento do Curso de 2º Grau Regular – Propedêutico, hoje Educação Geral, reconhecido pela Resolução 4.121/86 – DOE 06/10/86.
A Resolução 34/83 – DOE 03/02/83, autorizou o funcionamento da Habilitação Básica em Agropecuária, em funcionamento desde 16/03/83, também com o Calendário Especial aprovado. Essa Habilitação foi reconhecida pela Resolução 4.126/86 – DOE 06/10/86.
A Resolução 2.966/83 – DOE 01/09/83, reconheceu o Curso Regular de 2º Grau, com as Habilitações Plena Magistério e Básica em Comércio, do Colégio Estadual Antônio Dorigon – Ensino de 2º Grau.
A Resolução 95/86 – DOE 20/01/86, autoriza, com implantação gradativa, o funcionamento de 5ª a 8ª séries do 1º Grau. A implantação foi iniciada em 1986, com 5ª e 6ª séries, e em 1987 com 7ª e 8ª séries. Com essa implantação o estabelecimento passou a denominar-se Colégio Estadual Antônio Dorigon – Ensino de 1º e 2º Graus.
A Resolução 4.535/87 – DOE 09/12/87, reconhece o curso de 1º Grau Regular, de 5ª a 8ª séries, a partir de 02/12/87. A Resolução 316/93, autoriza o Funcionamento da Habilitação Auxiliar de Contabilidade, com apresentação do pedido de Reconhecimento no prazo de 02 anos. A Resolução 2.864/93, faz cessar definitivamente as atividades de Habilitação Básica em Comércio, com cronograma gradativo.
A Resolução 3.722/93, homologa o Parecer 450/93 do DESG, autorizando o funcionamento da Habilitação Plena Magistério para o período noturno, com implantação gradativa.
A Resolução 406/94, homologa o Parecer 03/94 do DESG, autorizando o funcionamento da Habilitação Auxiliar de Contabilidade, também em turno Diurno, com implantação gradativa.
Em 05/12/96, o Colégio Estadual Antônio Dorigon, faz adesão ao Programa Expansão, Melhoria e Inovação do Ensino Médio do Paraná (PROEM), Decreto 2.208 de 17/04/97.
A partir do ano letivo de 1997, iniciou-se a cessação gradativa dos cursos profissionalizantes de Auxiliar de Contabilidade, Habilitação Plena Magistério e Básica em Agropecuária.
A Resolução 3.088/97 – DOE 30/09/97, reconhece o Curso de Auxiliar de Contabilidade, em caráter excepcional, devido à extinção gradativa do curso.
No ano de 2002 ocorre a reimplantação do Ensino Profissional através do Curso Pós Médio – Técnico em Informática autorizado a funcionar pela Resolução 3.281/02 – DOE 06/09/02. Como o curso funcionava no sistema de módulos, havia certa dificuldade em conciliá-lo com o período letivo escolar, e sobretudo houve a necessidade de readequação tendo em vista a amplitude de conteúdos para uma carga horária insuficiente. Assim, no ano de 2005, houve reformulação do curso Pós-Médio, com a implantação do Curso Subseqüente “Técnico em Informática – Suporte e Manutenção”, em regime semestral, o qual apresenta uma carga horária com conteúdos coerentes ao enfoque escolhido, com o total de 1.200 horas/aula, divididas em 3 semestres, com implantação gradativa. O ingresso ao Curso Técnico é destinado aos alunos egressos do Ensino Médio.
No ano de 2005 a escola passou a oferecer o curso Técnico em Informática Integrado ao Ensino Médio. O reconhecimento do curso foi publicado no Diário Oficial do Estado do Paraná em 13/09/2007 através da resolução 3297/07.




Validador

CSS válido!

Secretaria de Estado da Educação do Paraná
Av. Água Verde, 2140 - Água Verde - CEP 80240-900 Curitiba-PR - Fone: (41) 3340-1500
Desenvolvido pela Celepar - Acesso Restrito